Alec Baldwin fala sobre morte de diretora e afirma: “Era minha amiga”

Ator falou sobre amizade da relação entre os dois

0
Alec Baldwin
Alec Baldwin fala pela primeira vez após acidente que matou diretora

Alec Baldwin falou pela primeira vez sobre a morte da diretora Halyna Hutchins, morta por um disparo acidental, durante as gravações do filme Rust.

“Não tenho permissão de fazer nenhum comentário porque é uma investigação em andamento. Fui orientado pelo xerife de Santa Fé a não responder nenhuma pergunta. Eu não posso responder nenhuma questão porque é uma investigação em andamento sobre uma mulher que morreu. Ela era minha amiga!”, disse ele.

Segundo o ator, responsável pelo tiro disparado, os dois haviam jantado juntos quando chegaram a cidade de Santa Fé para as gravações.

“No dia que cheguei em Santa Fé, a levei para jantar. Éramos uma equipe muito, muito bem treinada gravando um filme juntos, e então esse evento horrível aconteceu”, afirmou em seguida para um grupo de fotógrafos, segundo o TMZ.

Segundo  a esposa de Alec, Hilaria Baldwin, ela ficou angustiada e começou a dar voltas de carro com os filhos sem saber onde ir.

“Eu não sabia para onde estava indo, apenas dirigi. Eu só dirigi por aí dando voltas e voltas com meus filhos”, contou a esposa. Ela disse ainda que o marido precisa de espaço para evitar estresse pós-traumático.

Buscando privacidade, Alec levou a família para Vermont, nos Estados Unidos, após o acidente.

“Eu trouxe [Alec] para cá porque temos que lamentar a morte de Halyna. Alec passou por uma situação muito traumática e estou tentando limitar o TEPT (Transtorno de Estresse Pós-Traumático)”, disse. “Nós apenas viemos aqui para ficar em silêncio”, completou.

 Alec Baldwin e morte de diretora

Por causa da experiência traumática de Alec, Hilaria diz que “esperançosa, mas sem ter certeza”, se o ator voltará a atuar em filmes novamente.

Alec Baldwin atirou acidentalmente na diretora de imagens Halyna Hutchins,42,durante as gravações do filme Rust, que morreu no local, e também no diretor de filme, Joel Souza, 48, ferido no ombro, com uma arma carregada com balas reais.