Veja 4 tipos de carne para substituir a picanha no churrasco.

Aprenda como como economizar no churrasco sem abrir mão da carne bovina

0
Veja 4 tipos de carne para substituir a picanha no churrasco.
Vamos te ensinar a preparar um delicioso churrasco sem picanha

Quando você pensa em churrasco, vem logo a imagem daquela carne famosa entre os brasileiros: A Picanha. 

No entanto devido a crise o brasileiro tem sido obrigado a da um jeitinho brasileiro na hora do churrasco.

Sendo assim, vamos te mostrar como substituir a picanha por algo mais em conta para o seu bolso.

1. COXÃO MOLE

A carne Coxão Mole é um corte traseiro do boi. Por ser rico em fibras, trata-se de um corte macio e que deve ser servido mal passado ou ao ponto, para evitar o endurecimento da carne e a perda de suas características.

Assim ele pode ser servido em grandes bifes e deve ser temperado com sal grosso, com adicional de alho moído.

2. CONTRAFILÉ

O contrafilé é uma carne campeã das churrasqueiras, tanto pelo baixo preço quanto pelo ótimo sabor.

Aliás ela é tradicional nos churrascos brasileiros, argentinos e uruguaios. Sim, os “hermanos” também adoram esse corte, e não é para menos, o corte é suculento e saboroso.

O contrafilé é separado do filé mignon apenas pelas vértebras do boi, tornando os cortes semelhantes. Para churrasco é recomendado ser servido em bifes ou a peça toda.

3. MAMINHA

A maminha é a carne da parte mais macia localizada abaixo da alcatra. A peça de formato triangular é famosa pelo sabor e maciez, além da facilidade de se fazer assada nas grelhas.

A maminha deve ser servida mal passada e em peça única, para manter a característica macia do corte.

4. Bananinha

Ainda pouco conhecida, a carne é, de acordo com os profissionais, uma opção válida e saborosa.

Além disso a carne possui um teor de gordura que dá o sabor especial. Ele é retirado entre os ossos do contrafilé.

É um corte barato em relação a outros cortes como o próprio contrafilé”, garante Almiro. O preço da bananinha varia entre R$ 20 e R$ 25 por quilo.